O peso da felicidade

"These bodies look good at every size" - Revista Glamour.

Certa vez, um grande filósofo grego disse: “o essencial é invisível para os olhos”. Não nasci no Peloponeso nem me criei em outro planeta, tampouco conheço da semiótica profunda das misses, mas costumo dizer que o Belo é oculto para os sentidos. Todos os sentidos. Perdoem-me a brutalidade do clichê: o Belo vem de dentro. Precisamos ordenhar o Belo.

Preocupa-me a preocupação das minhas amadas mulheres com supostos excessos de peso. Com a eterna vigilância de suas formas, com essa burca comportamental que se abate sobre elas.

Entristecem-se demais, nossas mulheres, não bastassem as numerosas lágrimas que já lhes infligimos. Entram e saem de dietas, escondem suas formas sob a desculpa das celulites. Pois eu abraço as celulites como quem abraça velhas e queridas amigas, debaixo do chuveiro, entre beijos de língua e corações apertados de felicidade.

Ora, mulher nenhuma tem peso, é a verdade que se esconde por detrás da realidade dos sentidos. O engano ledo é perceberem-se e percebermos somente como seres de matéria, dura matéria a ser tateada.

Amigos, sou um abençoado. Não pelas mulheres por onde tateei, não só por elas. Abençoa-me possuir suas idéias perfumadas, incapturáveis pelos dedos, seqüestradas eternamente pelas minhas memórias e sonhos.

Quanto pesam um suspiro, um sorriso e um beijo? E todos os dias somos alumbrados por suspiros, sorrisos e beijos, a liga intangível e indestrutível da qual as mulheres são realmente forjadas. É o verdadeiro alimento do homem.

Comments (12)

  1. marissa wrote::

    Beleza de texto. Raro depoimento masculino que valoriza algo além da carcaça.
    (Mas não estou acima do peso, que fique bem claro)

    Friday, January 22, 2010 at 19:13 #
  2. Obrigado, Marissa.

    Acima, abaixo, ao lado do que se convenciona como “peso”, enfim: amo todas.

    Monday, January 25, 2010 at 22:59 #
  3. Andre Blak wrote::

    Como complemento… “O peso da infelicidade”
    http://g1.globo.com/Noticias/Mundo/0,,MUL1458703-5602,00-AMERICANA+DE+KG+MATA+NAMORADO+DE+KG+AO+SENTAR+EM+CIMA+DELE+EM+BRIGA.html

    Tuesday, January 26, 2010 at 14:21 #
  4. Abgail Marroné wrote::

    Sou pesada e sou feliz, mas mais feliz que eu é o meu namorado que dorme sorrindo e saciado, apesar do seu braço dormente de sustentar o meu peso.
    Sem modéstia.

    Wednesday, January 27, 2010 at 14:39 #
  5. Monsores wrote::

    Adamastor, como sempre, ótimo texto.

    De uma beleza incrível.

    Tuesday, February 2, 2010 at 09:37 #
  6. Abigail: (como diria Forrest Gump) a vida é um grande restaurante a quilo. Uns se saciam com uma saladinha leve e 200 gramas no prato. Outros pedem 800 gramas de picanha. E todos são felizes a suas maneiras.

    Monsores: obrigado, amigo. Você está sumido, seja bem-vindo!

    Tuesday, February 2, 2010 at 17:24 #
  7. mulher tem que pesar, senão é balão. já basta a cabeça de vento.

    Wednesday, February 3, 2010 at 16:34 #
  8. latw wrote::

    “…incapturáveis pelos dedos…” Coisa de tarado heim fio

    Wednesday, February 10, 2010 at 21:22 #
  9. Aqui não tem tara. Só amor. :)

    Friday, February 12, 2010 at 12:14 #
  10. floraalma wrote::

    querido adama;
    sugiro que vc. coloque na parede de sua casa, aquele retrato de mulher nua, que está pendurado no banheiro da trattoria torna da gavião peixoto…
    absaudosos.
    floraalma.

    Wednesday, February 17, 2010 at 09:58 #
  11. Aquele retrato, pra quem não conhece, é de uma mulher obesa no supermercado, completamente nua. E a frase “never food shop when you’re hungry”.

    Alguns dirão que é uma piada de mau gosto (e talvez seja mesmo). Mas eu acho sexy :)

    Thursday, February 18, 2010 at 22:54 #
  12. Mulherpolvo wrote::

    Ai,que lindo!!

    mais que beleza, precisamos ter saúde. nem esquálidas, nem obesas… o tal do meio-termo.

    Wednesday, March 10, 2010 at 09:58 #