Pier Paolo Pasolini

boschPasolini tem uma das mais contundentes, chocantes e polêmicas carreiras da história do cinema. Como outros tantos cineastas italianos, começou como assistente de célebres nomes do neo-realismo. Nos anos 60, se notabilizou como um dos grandes do cinema italiano, criando obras antológicas como O EVANGELHO SEGUNDO SÃO MATEUS, TEOREMA e POCILGA.

Encantava com seqüências grandiosas repletas de figurantes nus ou trajando imponentes figurinos e sempre envoltos por cenários grandiosos. Esbanjava cinismo e sarcasmo e adorava chocar, abusando da sexualidade e da escatologia que revirou estômagos de muitas gerações de cinéfilos. Em TEOREMA (1968), faz um anjo seduzir toda uma família de burgueses decadentes. Em POCILGA (1969) criou um personagem que só consegue se relacionar com porcos.

Influenciou e foi influenciado por muitos gênios do cinema, tais como Fellini, Jodorowsky e Glauber Rocha, mas também colecionou antipatias oficiais. Era militante gay numa época em que a grande maioria considerava isso um crime e nunca perdia a chance de atacar ferozmente a igreja, a política e o moralismo nos seus filmes.

Acabou sendo assassinado por um suposto “amante” que mais tarde alegou que o crime fora cometido por questões políticas. Isso foi em 1975, pouco depois de lançar o seu filme mais assustador SALÓ, OS 120 DIAS DE SODOMA, uma alegoria ambientada na segunda guerra, onde burgueses nazi-fascistas torturam lindos meninos e meninas até a exaustão, cortando-os em pedaços e fazendo-os, inclusive, comer merda.

Mas essa resenha é pra saudar a sua TRILOGIA DA VIDA composta por DECAMERON (1971), CONTOS DE CANTERBURY (1972) e AS MIL E UMA NOITES (1974). Pasolini explorou debochadamente tudo o que podia sobre religiosidade, lutas de classes e sexualidade humana, filmando a literatura burlesca da idade média típica de três regiões distintas (a Itália de Bocaccio, a Inglaterra de Chaucer e o lendário popular do Oriente Médio). Os três filmes são praticamente um só. Vistos em seqüência ficam melhor ainda. Muito engraçado e um bocado chocante também.

Esse espaço aqui se deve a visão do inferno proposta por Pasolini em CONTOS DE CANTERBURY (baseada na pintura O ULTIMO JULGAMENTO de Hieronymus Bosch). A visão do purgatório feita por um genial e infernal cineasta que nunca será esquecido.

Comments (7)

  1. Rafael Queres wrote::

    Bela postagem. Os filmes do Pasolini ainda estão sendo processados no meu purgatório cerebral. Ainda preciso tomar coragem para, com boa dose de solidão, que é raro, largar estas sequências no meu DVD.

    Semana passada assisti um filme do Dusan Makavejev, “Sweet Movie”, e percebi que talvez haja algo próximo entre os dois diretores, seus humores críticos e corrosivos, satíricos e niilistas.

    Um abraço!

    Monday, February 22, 2010 at 11:47 am #
  2. Andre Blak wrote::

    Fã da marginália brasileira não pode se dar ao luxo de “tomar coragem” pra ver Pasolini. Cai dentro já, rapá!

    O cinema iugoslavo é fodão, vide Dusan Makavejev e, principalmente, o gênio dos gênios Emir Kusturica. Do Dusan, veja também O MISTÉRIO DO ORGANISMO e MONTENEGRO PÉROLAS E PORCOS, esse segundo uma espécie de Beleza Americana de saias com muito mais sacanagem e humor negro. Filmaço!

    Monday, February 22, 2010 at 4:55 pm #
  3. Rafael Queres wrote::

    heheheh

    Pois é, já me disseram isso. Mas eu não quero aumentar a dose do meu remédio tão cedo! Prefiro ir com calma, pois sei que estarei diante de coisa pior que a lobotomia.

    :D

    Esse outro do Dusan, O MISTÉRIO DO ORGANISMO, me chamou atenção logo de cara. Já estou me preparando. Obrigado!

    ps: desculpe pelos erros de concordância no comentário anterior. A pressa é a inimiga da Imperfeição.

    Tuesday, February 23, 2010 at 11:39 am #
  4. mrl-x wrote::

    good vibrations

    + pasolini:

    http://www.orkut.com.br/Main#CommTopics?cmm=685864

    ***
    abrx

    mrlx

    ____

    e a churrasqueira eletrica?

    quero uma

    Thursday, February 25, 2010 at 4:36 pm #
  5. Andre Blak wrote::

    hehehehe. Churrasqueiras a GÁS e não elétricas!!! Ecologicamente mais corretas! Para compras, e-mail para comercial@blakchurrasqueiras.com.br.

    Quanto a comunidade, já sou “filiado” e agradeço a força de sempre.

    Grande abraço!

    Friday, February 26, 2010 at 8:52 am #
  6. mrl-x wrote::

    é mesmo
    pacific gaz

    Friday, February 26, 2010 at 12:20 pm #
  7. Marcos wrote::

    Olá André,

    Sou leitor do Outros Filmes e sou cinéfilo de carteirinha. Eu estou mandando esse email porque estou trabalhando numa empresa que desenvolveu um portal sobre cinema – o Cinema Total (www.cinematotal.com). Um dos atrativos do site é que você cria uma página dentro do site, podendo escrever textos de blog e críticas de filmes. Então, gostaria de sugerir que você também passasse a publicar seus textos no Cinema Total – assim você também atinge o público que acessa o Cinema Total e não conhece o Outros Filmes
    Se você gostar do site, também peço que coloque um link para ele no Outros Filmes.

    Se você quiser, me mande um email quando criar sua conta que eu verifico se está tudo ok.

    Um abraço,

    Marcos

    Friday, March 26, 2010 at 1:18 pm #